Sabores caiçaras revelam as histórias do povo do litoral

Gastronomia também a cultura. Os aromas, sabores e temperos de cada local revelam a história de um povo. Sim, a história passa pela mesa e a cultura gastronômica do povo caiçara é cheia de desses causos, que ganham ainda mais singularidades quando acompanhados do vapor que emana da panela.

Eudes Assis é um desses contadores de história pela arte da cozinha. Nascido no litoral de São Paulo, ele valoriza os saberes locais em torno da culinária que aprendeu desde cedo com a mãe. O chef é filho de Dona Madalena e foi a alimentado com a cultura caiçara e com o amor da mãe dedicada. Agora, ele leva para o restaurante Taioba Gastronomia tudo que aprendeu na família junto com as técnicas de anos de estudo pelo mundo.

O Instituto Mpumalanga conheceu de perto os sabores e as histórias em torno da rica culinária caiçara.